O QUE FAZER QUANDO O CPF NÃO APARECE NA BASE DE DADOS DO CNIS ? 

Ao tentar acessar o Meu INSS pela primeira vez, o segurado pode ser surpreendido com a mensagem: CPF não encontrado na base de dados do CNIS.
Essa situação causa preocupação pois o Meu INSS é o meio mais fácil para acessar diversos serviços previdenciários: pedir benefícios, consultar o andamento de pedidos, analisar as contribuições, visualizar os extratos de pagamento, bloquear o benefício para empréstimos.
Nesta publicação, vamos explicar o que fazer caso o segurado se depare com essa mensagem.

Por que a mensagem: “CPF não encontrado na base de dados do CNIS apareceu?”

A mensagem aparece na tela do segurado quando o seu CPF não está vinculado a um NIT – Número de Identificação do Trabalhador.

O NIT é o número ao qual são vinculadas todas as contribuições e demais informações previdenciárias do segurado.

O que fazer caso a mensagem: CPF não encontrado na base de dados do CNIS apareça?

O segurado pode resolver essa situação por conta própria ou com o auxílio de um advogado.

Caso deseje resolver sozinho, o segurado deve comparecer a uma agência do INSS portando documento de identificação, CPF e carteiras de trabalho para solicitar atendimento. Lá, o servidor do INSS realizará uma atualização dos dados cadastrais, vinculando o(s) NIT(s) do segurado ao seu CPF e viabilizando o acesso ao site ou aplicativo Meu INSS.

A depender do local em que o segurado resida, pode ser necessário agendar um atendimento antes de comparecer à agência do INSS. O agendamento pode ser realizado por meio do telefone 135.

Caso deseje o auxílio de um advogado, será necessário enviar ao profissional cópias digitalizadas (ou fotografadas, desde que bem nítidas) do documento de identificação, do CPF e das carteiras de trabalho, além de outros documentos solicitados pelo advogado.

Nesse caso, o segurado não precisará sair de casa. O serviço será realizado de forma totalmente virtual pelo advogado.

Rolar para cima
Rolar para cima